Domingo, 31 de Dezembro de 2006

5 dias depois...

E já oiço musica ligeira portuguesa.
Em vésperas de ano novo já ando com esta música no ouvido... e na cabeça (bolas!!):

"Eu não sei o que me aconteceu...
Foi feitiço!
O que é que me deu?"
Pra deixar o meu país assim
Tão lindo...

Eu gostava de perceber,
vou tentar
Será que foi loucura
Mergulhar assim numa aventura, sem medos nem receios
Foi amor!

"O primeiro impulso é sempre mais justo, é mais verdadeiro...
E o primeiro susto dá voltas e voltas na volta redonda de um beijo profundo..."

"Eu...
Eu não sei o que me aconteceu...
Foi feitiço!
O que é que me deu?"

Grande abraço para todos e beijinhos para todas!
rematado por playmaker 10 às 19:31
link do remate | defender | favorito
Segunda-feira, 4 de Dezembro de 2006

Porque a nossa morte é tão cara?

Estive uma vez mais a pensar na vida que nós levamos, nós, povos dos países modernos e civilizados.
A nossa vida é fácil ("barata"), bem mais fácil que a morte, esta é "cara" pra caraças e cheia de consequências, aliás hoje em dia quem quer morrer, cometer o chamado suicídio, tem que o fazer de forma bem eficaz, não vá o diabo tece-las e a nossa moderna medicina e tecnologia de ponta armar-se em esperta e recuperar um moribundo para uma nova vida. Morrer na nossa sociedade de elite tem "custos" elevadíssimos, por exemplo, a culpa (quase sempre tem que haver um culpado), o sofrimento (ai os familiares e amigos), a justiça (pelas próprias mãos?), e etc... enfim, é bem mais cómodo viver.
Mas porquê este preço elevado para morrer? Ou antes porque é tão fácil estar vivo na nossa sociedade?
A resposta é o Equilíbrio. Equilíbrio aonde? No resto do mundo! A nossa morte é tão "cara" porque a morte, por exemplo, em Africa ou nos países em guerra é escandalosamente "barata", gratuita mesmo. Naquelas bandas morre-se que nem tordos e ninguém quer saber, aliás nem se pensa nisso, ninguém! Nem eu nem tu.

Ilações: Vamos valorizar a vida e não a morte, fazer da vida uma coisa fantástica e não da morte a "novidade".

E o provérbio que diz tudo:
"Até nas flores se encontra a diferença da sorte: umas enfeitam a vida, outras a morte"

E é tudo: O afortunadozito
tags:
rematado por playmaker 10 às 19:11
link do remate | defender | favorito

.voltinhas do playmaker


Ver Voltinhas do playmaker10 num mapa maior

.mais sobre mim

.últimos remates

. City break at Berlin

. Summer in Portugal... wit...

. Mundial de Futebol e os c...

. Dalmatian - almost road t...

. Barcelona weekend break

. Portugal in the Summer

. London, the big city

. Marsa Alam, land of sun

. Milano, fashion city

. Teixeirinha's in Belgium

. Last Wedding, Summer of 2...

. Summer in Portugal

. Cyprus, a Beautiful Islan...

. Romantische Deutschland

. Beijing in 5 working Days

. Uma vez mais em Amesterdã...

. Antwerp, cidade dos diman...

. Massachusetts, United Sta...

. O 7.Ronaldo e o Messi

. Brasil, Maravilhoso!

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.golos

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Setembro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.subscrever feeds

.quantos?